HOME « NOTÍCIAS « GERAL
02/04/2013 - 14:04
A DICIPLINA NOS LEVA AO QUE DESEJAMOS

A maioria das pessoas, independente da idade, sexo ou religião, gosta de ouvir um acordeom, por ser um instrumento de som agradável, bonito e muito interessante, e com frequência comentam: “Só uma gaita já faz a festa, se eu soubesse tocar, sairia pelo mundo tocando”. O desejo é tanto que muitas vezes acabam adquirindo o instrumento e dando início aos estudos, seja como autodidata, pagando aulas particulares, através da internet ou outras formas de aprender, mas muitos acabam desistindo de aprender tão rápido quanto tiveram o desejo de iniciar, o motivo é um só: a falta de disciplina.

O acordeom é um instrumento de muitos recursos e alta complexidade, que exige disciplina e muita dedicação. Ao iniciar os estudos o aprendiz deve conhecer as escalas no teclado e nos baixos e praticar, conhecer os acordes, ritmos e tempos, agilidade nos exercícios, colocação dos dedos, controle dos foles, melodia e educar a voz, afinal o acordeom são três instrumentos em um: teclado, baixos e foles, então tem que desenvolver e controlar a coordenação. Todos esses exercícios são chatos de praticar, mas são necessários, fundamentais para quem quer aprender a tocar.

Quando estiver estudando procure fazê-lo em um ambiente fechado para não incomodar e também para não ser interrompido e pense que quanto mais tempo você se dedicar ao estudo, mais rápido e fácil será o aprendizado.

Naturalmente que se leva tempo para tocar um instrumento, algumas pessoas tem mais facilidade que outras para aprender, e em muitos casos o iniciante acaba desanimando e vendendo ou deixando de lado o instrumento, por imaginar que só com algumas aulas já conseguirá sair tocando. Ocorre que muitas vezes o tempo praticado em casa é pequeno ou o aluno nem pratica o que foi ensinado e por desleixo não aprende, lançando depois a culpa sobre o professor ou o método.

O tempo dedicado aos estudos é o que determinará se o aprendiz vai ser um acordeonista ou não. É lógico que quando decidir a aprender a executar um acordeom, a pessoa deve se questionar: “Para que eu quero aprender”? Será para tocar para os amigos, em casa, festinhas ou pretende ser um profissional e seguir carreira? É importante saber o que deseja e conhecer suas limitações.

A disciplina e a dedicação aos estudos é que fará a diferença. Cada pessoa deve analisar o que quer para adequar a dedicação ao instrumento. Em um workshop realizado recentemente no Centro Cultural ProArt, Daniel Hack (acordeonista de Os Serranos), comentou que para os que desejam ser profissionais, o ideal seria treinar 3 horas diárias. Esse número é baseado em pesquisas científicas, pois está provado que alguém que pratica algo durante 10.000 horas estaria muito apto na função. No caso das 3 horas diárias, em dez anos o acordeonista estaria tecnicamente pronto. Já pra quem não deseja ser um profissional e tocar apenas por prazer, qualquer tempo já está bom. Mas é importante a prática regular, ou seja, todo dia um pouco.

Vejamos um exemplo de uma pessoa que trabalha como auxiliar de uma máquina ou em outra tarefa de uma indústria ou empresa, essa pessoa permanece no mínimo oito horas por dia lidando com um instrumento, que é a máquina, e mesmo sendo um auxiliar, ela acaba por vezes operando esta máquina nas tarefas diárias, como preparação, operação, prestando auxílio em reparos e manutenção, etc. Assim ela vai conhecendo um pouco do equipamento  todos os dias e no futuro certamente será uma boa operadora deste equipamento porque o fato ser obrigada a trabalhar com a máquina, treinando nela oito horas por dia, fez com que ela aprendesse o oficio.

No aprendizado de um instrumento musical não é diferente, quando se deseja executar um instrumento e se destina ao treino o mesmo tempo que destinamos para nossas tarefas diárias, com certeza se faz um grande instrumentista.

Jair Ângelo André: Gerente de Produção da Empresa Plaszom, Vice-Presidente do ProArt Centro Sociocultural e Acordeonista por hobby.

 

 

 

 
   

 

Fone: (48) 3466-2003
Rua Ettiene Galdenty Stawiarski, 556 - Centro
88870-000 - Orleans/SC